Profissionais_de_marketing_digital_conheça_suas_áreas_de_atuação.jpg.jpeg

Desde o momento em que nos tornamos produtivos no trabalho, passamos a desenvolver novas interações: as relações comerciais passaram, cada vez mais, a fazer parte da vida do homem. A partir de então, diversas estratégias para atração e estabelecimento de confiança entre produtor e consumidor se tornaram fundamentais.

Esse modo de agir e, de certa forma, se envolver mais a fundo com o mercado para atingir resultados ficou conhecido como marketing. De origem inglesa, o termo vem da palavra market (que para nós significa “mercado”) e permite ter uma noção do quanto é abrangente na sociedade.

Como uma atividade que envolve o estudo dos processos comerciais e a interação entre pessoas, o marketing sempre precisou se manter em constante transformação. Nos últimos anos, com o desenvolvimento das redes on-line e com o uso da internet para cada vez mais ações do cotidiano, essa área estratégica também passou a migrar para o meio digital. A partir desse processo, o qual foi chamado de marketing digital, trouxe um vasto universo de possibilidades e desafios para os profissionais da área.

Quer entender melhor cada detalhe? Então acompanhe o nosso conteúdo sobre as áreas de atuação e entenda por que o marketing digital é tão importante!

Marketing tradicional versus marketing digital: qual é a diferença?

Em diferentes tipos e modelos de negócio, o marketing tradicional sempre serviu como uma ferramenta de apoio para otimizar as vendas. Dessa forma, sua importância em cada setor se justifica pela capacidade de adequar a estrutura e os recursos do negócio às necessidades dos clientes.

Para alcançar esse objetivo, profissionais da área utilizam uma variedade de ferramentas e métodos para análise do comportamento e das preferências dos consumidores, com a finalidade de facilitar a identificação das melhores oportunidades desse mercado. A partir desse processo, a maioria das empresas define seu leque de produtos e serviços com base em um público específico.

Boa parte dessas etapas também ocorre no marketing digital — no entanto, de uma maneira mais precisa e com maior controle de dados e detalhes dos processos. Além disso, toda a base de trabalho do marketing digital é realizada pela internet, ou seja, com a aplicação de recursos e ferramentas em sites, plataformas e outros espaços de interação on-line.

Enquanto as estratégias de divulgação e atração do modelo tradicional são feitas com base em instrumentos de rádio, televisão e mídias impressas, o modelo digital se mantém somente por meio da rede. Tal fato permitiu aos novos empreendedores alcançarem muito mais pessoas e possíveis clientes em troca de um baixo investimento em estrutura e demais recursos.

Mesmo que a atual valorização e aprimoramento da internet tenha contribuído para o crescimento do marketing digital, existem outros fatores que tornaram essa solução a preferida por diversas corporações de sucesso. Para compreender melhor, comparamos em itens as diferenças mais básicas entre esses dois modelos de marketing. Veja:

Planejamento de ações

No marketing tradicional, o planejamento das ações é dividido em estratégias de curto, médio e longo prazo. Desse modo, antes mesmo de serem colocadas em prática, todas as ações e campanhas são muito bem definidas para garantir que nada seja deixado de fora.

De maneira oposta, o marketing digital faz planejamentos curtos porque aproveita das interações em tempo real, incluindo-as em cada campanha ou atividade. Nesse meio, os profissionais observam o desempenho de cada estratégia para definir se o modelo escolhido será mantido ou modificado.

Comunicação e interação

A comunicação para divulgação da marca no marketing tradicional é bastante desigual. Geralmente, as empresas costumam falar mais do que ouvir, o que não permite um entendimento mais aprofundado das necessidades do cliente. Se há um contato ou interação maior entre as partes, ele provavelmente será feito por meio de pesquisas de satisfação ou de serviços de atendimento ao consumidor.

No marketing on-line, a comunicação entre empresa e público-alvo é muito maior, visto que diversas são as plataformas disponíveis para contato. Quando a marca está presente nas redes sociais, ela consequentemente fica disponível para interagir com seus clientes a qualquer momento. Aqui, a boa comunicação permite obter dados importantes sobre interesses e sugestões do público.

Alcance de público

No marketing tradicional, o alcance de público é limitado pela capacidade de divulgação da própria empresa e pela quantidade de recursos disponível. Como boa parte dos anúncios é feita com materiais de publicidade impressos, eles geralmente só conseguem alcançar grupos próximos do local de atuação.

No modelo digital, todas as informações mantidas na rede podem ser acessadas por qualquer usuário — basta que ele use a internet. Dessa forma, mesmo um anúncio publicado e direcionado para um público específico poderá alcançar muito mais pessoas, independentemente de serem clientes ou visitantes aleatórios. Com um alcance maior, as empresas têm maiores chances de atrair interessados no negócio.

Obtenção de dados

Com as estratégias de marketing tradicional, é praticamente impossível para uma empresa conhecer a quantidade de pessoas que visualizaram anúncios e demonstraram interesse nos seus produtos e serviços. Para quem trabalha com marketing digital, isso não é nem de longe um problema.

O fato é que a própria rede usada como base dispõe de ferramentas que permitem contabilizar e informar com detalhes cada processo realizado em cima da marca. Nesse sentido, é possível obter dados como número de acessos, total de cliques em anúncios e até mesmo avaliar o real desempenho de uma campanha.

Tempo e adaptação

Com definições pré montadas, o marketing tradicional não possibilita aos profissionais adaptarem os anúncios e materiais em caso de necessidade. No marketing digital, adaptar ou substituir uma campanha pronta não só é possível como também é bastante aconselhável. Com o benefício de poder avaliar tudo em tempo real, os profissionais podem usar diferentes estratégias para melhorar ou até mesmo descartar um anúncio que não está gerando resultados.

Profissionais envolvidos

Ao passo que os conceitos e objetivos dos dois modelos de trabalho sejam semelhantes, o mesmo não acontece com seus profissionais e colaboradores. Hoje, os perfis de profissionais envolvidos nos trabalhos de marketing tradicional e marketing digital são bem diferentes.

Ao segundo grupo, é exigido o domínio de uma infinidade de ferramentas de trabalho que muitas vezes não são aplicadas no modelo tradicional. Nesse sentido, é importante que as empresas saibam diferenciar cada atuação para escolherem um perfil adequado às suas atividades e exigências.

Linguagem

Outro ponto bastante distinto entre os dois modelos de marketing é a linguagem utilizada para interagir/contatar o cliente. Na forma tradicional, os textos e termos dispostos em jornais, anúncios de outdoor e revistas possuem uma linguagem bastante formal e livre de gírias. Já o marketing digital procura aproveitar a interação descontraída entre usuários da internet para adotar uma linguagem mais informal.

Uma escolha como essa pode parecer estranha à muitas empresas em um primeiro momento, enquanto que, para outras, representa a chance de um contato mais direto com os clientes.

Qual é o perfil do profissional de marketing?

Hoje, mesmo quem deseja seguir carreira na área do marketing digital deve conhecer um pouco mais do seu processo nos modos tradicionais. Além disso, precisa procurar conhecimentos específicos para atuar na rede digital de maneira rápida e eficiente, já que essas qualidades são desejadas pela maioria das empresas.

De um modo geral, o marketing digital consiste em um agrupamento de estratégias aplicadas na rede com a finalidade de atrair novas oportunidades de negócios, estabelecer relacionamentos e desenvolver uma identidade única.

Frente a essa definição, o profissional que deseja atuar na área deve ter condições de lidar com uma série de atividades ao mesmo tempo. Veja agora as principais qualidades que acompanham o perfil de quem trabalha com marketing digital:

Ser criativo

Característica comum de profissões ligadas ao marketing e à publicidade, a criatividade é indispensável para adaptar campanhas de produtos e serviços aos mais variados perfis de consumidores.

Além disso, uma mente criativa dificilmente mantém o mesmo tipo de estratégia por muito tempo, fato que pode proporcionar um modo de trabalho sempre repleto de novidades.

Na hora de elaborar conteúdos para atração, o profissional de marketing digital precisa levar em conta as respostas e as exigências de cada público-alvo a fim de aumentar as chances de satisfação com o material apresentado.

Ser curioso

Outro valor importante para quem quer mergulhar nessa área é a curiosidade para aprender novas técnicas e métodos de trabalho. Ser um profissional de marketing digital exige ter um sentimento de descontentamento frente a limitação de recursos e de ferramentas.

Dessa forma, poderá encontrar as melhores soluções para a empresa ou negócio próprio, além de ampliar a experiência com um universo de possibilidades. Ser curioso nesse caso também envolve estar atento à cada novidade que surge no mercado, independentemente de ela ser útil ou não.

Ter ritmo produtivo

Considerando que a principal base de trabalho do marketing digital é a internet, os profissionais dessa área devem se manter sempre produtivos. Com a geração e a publicação cada vez maior de informações nas redes, dar conta de elaborar conteúdos de valor com certa frequência é essencial. Consequentemente, essa característica também exige dos profissionais muita disciplina e organização para manter o desempenho com qualidade e eficiência.

Saber dialogar

Uma das características positivas do marketing digital e que o diferem do tradicional é a capacidade de manter um contato mais direto com o público. Nesse sentido, é preciso descartar o costume de enviar informação sem valorizar o seu retorno.

Por meio de mensagens em redes sociais, serviços de e-mail ou até mesmo interações em postagens de blog, os profissionais conseguem captar e entender melhor as necessidades dos clientes. Sendo assim, saber ouvir para dialogar com diferentes perfis é fundamental nesse novo modelo de trabalho.

Gostar de escrever

Além de usar o diálogo para contatos e relacionamentos, o profissional de marketing digital precisa gostar de escrever. Importante que essa escrita seja de qualidade e de fácil compreensão, afinal, será o principal meio de transmissão de ideias e conceitos ao público.

Cada vez mais, ter habilidade para a comunicação nas redes representa maior conquista de clientes e fidelização. Para as empresas, auxiliar as pessoas com a oferta de conteúdo de qualidade e sem erros gera satisfação e sentimento de identificação com a marca.

Áreas de atuação

As áreas de atuação para o profissional de marketing digital englobam desde cargos em pequenas organizações até participação em equipes de grandes empresas, institutos de pesquisa e órgãos públicos.

Entre os principais trabalhos estão os serviços de assessoria para promover marca de produtos em redes sociais e também pesquisas de mercado. Além disso, o profissional de marketing digital pode auxiliar na coleta de dados que indicam as preferências de consumo do público usuário da internet. De um modo geral, pode-se dizer que é uma profissão que está envolvida com todas as atividades que exigem a inserção de marcas no mundo on-line.

Embora muita gente não saiba, o profissional de marketing digital possui uma formação diferenciada daqueles que atuam no mercado tradicional. Nos estudos da profissão, o foco é direcionado para a atuação no campo das mídias digitais, com a finalidade de preparar o estudante para promover produtos e serviços na internet.

No Brasil, a habilitação de mercadólogo pode ser garantida por meio de um bacharelado ou de um curso tecnólogo. Como se trata de uma área mais recente no mercado, ainda não conta com muitas faculdades específicas, se tornando muitas vezes uma extensão do curso de marketing.

Como alternativa, os cursos de tecnólogo em marketing digital ganham cada vez mais destaque no mercado, oferecendo a oportunidade de um ensino completo para profissionais em início de carreira ou que já se encontram na área.

O foco direcionado em atividades práticas durante um curto período de tempo é o principal atrativo do curso, que costuma ser realizado entre 2 a 3 anos. Depois de formado, o estudante poderá optar entre uma gama de opções de atuação, ampliadas pela crescente valorização desse profissional nas empresas de diversos setores. Saiba mais sobre as principais oportunidades:

Gestor de e-commerce

Nas plataformas de comércio digital, o profissional habilitado em marketing digital pode atuar como gestor. Nessa ocupação, será responsável por acompanhar e avaliar dados referentes a todo o processo de divulgação e vendas de produtos. Assim como faria em um estabelecimento ou loja física, o gestor de e-commerce também deverá estar atento no comportamento do público e de suas preferências.

Com um montante eficiente de informações coletadas a partir de ferramentas da própria rede, o gestor de e-commerce será capaz de identificar possíveis defeitos na estratégia e ainda trabalhar em novas soluções. Como um profissional extremamente analítico, o gestor deve sempre estar em busca dos melhores métodos e recursos para seu negócio, visando o aumento do interesse e, consequentemente, das vendas on-line.

Gestor de redes sociais

Com o contínuo uso das redes sociais, surge no mercado uma nova possibilidade de atuação para os profissionais da área de marketing digital. Totalmente envolvido com essas plataformas, o gestor de redes sociais deve desenvolver a capacidade de interação, observação e produção de ideias relacionadas à cultura cibernética.

Por meio do conhecimento e manipulação de todas as ferramentas disponíveis nas redes sociais, o profissional gestor consegue explorar ao máximo seus recursos e criar estratégias em cima desse conhecimento. Para ter sucesso nessa missão, precisa acompanhar toda a movimentação nas mídias e ainda identificar nas ações dos usuários oportunidades de melhorar a imagem de uma marca no mundo virtual.

Produtor de conteúdo

O profissional de marketing digital pode atuar como produtor de conteúdo dentro de uma empresa ou em um negócio próprio. Nessa função, tem como principal objetivo desenvolver conteúdos ricos e relevantes para o público alvo.

Por exemplo: em uma empresa especializada na comercialização de alimentos e produtos naturais, o produtor de conteúdo deverá buscar elaborar textos que falem sobre a alimentação saudável. A estratégia visa atrair clientes por meio do interesse em conhecer dicas e acompanhar informações sobre como obter esses benefícios através da alimentação.

Para garantir bons resultados, o produtor deve estar atento ao que o público procura a cada momento e também tomar cuidado com a qualidade de escrita e da linguagem utilizada.

Analista de marketing digital

No cargo de analista, o profissional de marketing digital é responsável por escolher e aplicar as melhores ferramentas para atração na internet. Em empresas ou pequenos negócios, deve:

  • desenvolver estratégias de search engine optimization (SEO) e search engine marketing (SEM) para geração de visitas e de leads na rede;

  • planejar ações sociais de mídia e de relacionamento com colaboradores e clientes;

  • e planejar campanhas de e-mail marketing e envio de newsletter.

Mais do que desenvolver sua função com eficiência, o analista também deve estar sempre atualizado sobre as novidades de ferramentas para web, soluções para e-commerce e aplicativos disponíveis no mercado.

Consultor de marketing digital

Quando decidem incluir o próprio negócio no mundo digital, muitas companhias e pequenos empreendedores encontram dificuldades para lidar com a novidade. Independentemente dos motivos — desconhecimento do uso das redes e receio inicial, por exemplo —, sempre é um processo que gera insegurança.

Nesse momento, contar com o auxílio de um consultor de marketing digital pode ser a melhor saída para selecionar boas estratégias e evitar riscos. Por meio de um acompanhamento das decisões da empresa, o consultor de marketing digital é o profissional responsável por realizar diagnósticos de situações com base em análise de dados. A partir dessa observação inicial, será capaz de desenvolver uma estratégia ideal para cada negócio apresentado.

Dentro de uma empresa, é extremamente indicado que o consultor nunca trabalhe em detrimento dos próprios serviços, mas sim de um bem comum. Ainda, sua metodologia de trabalho deve estar focada em resultados e também envolver questões do método off-line.

Gestão de carreiras: como evoluir sempre?

Coisas novas surgem a todo momento, e o que antes demoraria anos para acontecer pode evoluir em um curto período de tempo. Para quem trabalha com redes digitais e sistemas on-line, essa pode ser uma afirmação bastante batida, afinal, lidam com transformações e atualizações o tempo todo. Ainda assim, tal constatação também serve de alerta para que profissionais das áreas de marketing entendam a importância de sempre buscar mais conhecimento.

Em um mundo conectado e recheado de informações, as oportunidades tendem a aparecer para um número muito maior de pessoas. O sucesso, no entanto, depende da maneira com que cada um aproveita uma chance no mercado. Assim, a dica para quem já atua na área é procurar sempre a capacitação por meio de cursos, diálogos com colegas de profissão e palestras. Não importa o que você faça: novos recursos, materiais e ferramentas sempre estarão surgindo, portanto, encontrar tempo para conhecê-los e manipulá-los é fundamental.

Para finalizar, o fato de entrar em contato com o máximo de possibilidades permite ao profissional de marketing digital selecionar o que realmente é importante para sua atuação. A simples escolha de um método com o qual se identifica, uma ferramenta mais fácil de trabalhar ou um instrumento novo podem ser o diferencial que uma empresa precisa para crescer no mundo digital. Nesse sentido, quanto mais o profissional tiver a oferecer para a equipe do negócio, maiores chances terá de participar de processos nos quais realmente acredita.

Conclusão

Com o aprimoramento do uso da internet nos últimos anos, as possibilidades de trabalho para quem gosta de se envolver com esse universo são infinitas. Mais do que uma ferramenta incomparável de comunicação e interação, a rede se tornou a principal responsável por modificar os hábitos de consumo da sociedade. Frente a essa condição, insistir na manutenção dos métodos tradicionais de venda ou até mesmo fugir do ambiente virtual serão ações cada vez mais difíceis para empresas e pequenos negócios do mercado.

Hoje, os setores que não procuram se adequar ao universo diversificado da internet podem perder a capacidade de competir com seus concorrentes. Sabendo disso, a necessidade por especialistas que contenham uma bagagem considerável de conhecimentos na área aumenta consideravelmente. Para os profissionais de marketing digital, esse é só o começo de uma fase repleta de oportunidades de trabalho, ou, ainda, propícia para colocar antigas ideias de uma mente criativa em prática.

Gostou deste post? Então faça o download do e-book “Guia de marketing digital: saiba tudo sobre as principais transformações do mercado nos últimos anos” e aprofunde os seus conhecimentos na área!

Aproveite para acessar o portal da Una Virtual e conhecer os cursos de graduação e de pós-graduação a distância do melhor centro universitário de Minas Gerais!

5 segredos da gestão de tempo para estudantes

Deixe um comentário