aprenda-esses-4-exercicios-que-o-ajudarao-a-ter-foco-nos-estudos.jpeg

Vivemos na era da hiperconectividade. Enxurradas de informações são colocadas diante de nossos olhos e cérebros a cada minuto. Gadgets e dispositivos tecnológicos viraram praticamente uma extensão de nosso corpo, e queremos estar sempre conectados e antenados para não ficarmos de fora do que anda acontecendo no mundo virtual.

Obviamente, esse estilo de vida atual tem as suas vantagens. O conhecimento de praticamente qualquer assunto está ao alcance de um clique, disponível a qualquer pessoa, em qualquer lugar do planeta. Por outro lado, temos ficado cada vez menos aptos a manter o foco em uma tarefa durante muito tempo.

No caso dos estudantes, a falta de foco pode ser um grande empecilho na hora de estudar para aquela prova difícil ou escrever aquele trabalho que exige mais atenção. A concentração baixa atrapalha a produtividade, deixa você exausto mentalmente e faz você se sentir incompetente e incapaz.

Mas isso não precisa ser motivo de desespero; ter foco é uma questão de treino, e existem alguns exercícios físicos e mentais que podem te ajudar muito nessa tarefa. Listamos 4 deles no artigo de hoje. Confira!

Exercícios físicos aeróbicos

É isso mesmo! Suar a camiseta em exercícios como caminhada, corrida, pedalada, esportes em grupo ou qualquer outra coisa que faça você gastar energia ativamente pode ser um grande aliado na hora de manter o foco nos estudos.

Exercitar-se, entre outros benefícios físicos, estimula a sua circulação sanguínea, que tem por principal função levar oxigênio a todas as partes de nosso corpo — incluindo o cérebro. Um cérebro bem oxigenado tem a sua capacidade de raciocínio e atenção aumentadas significativamente.

Criar uma rotina de exercícios aeróbicos da sua preferência e praticá-los com regularidade vai ajudar você a se manter focado na hora de estudar.

Meditação

A maior dificuldade de quem não consegue manter o foco nos estudos são as distrações. Algumas delas, inclusive, são criadas por nós mesmos! Devaneios, pensamentos, sentimentos e emoções invadem nosso cérebro em cascata, justamente na hora em que precisamos estar mais focados, e somos incapazes de contê-los.

Apesar de parecer papo de monge budista tibetano, tirar alguns minutinhos do seu dia para praticar meditação faz toda a diferença na hora de ter foco. Pode parecer incrivelmente difícil no início, mas acredite: com a prática diária, aqueles 10 minutinhos, em vez de horas, parecerão apenas… 10 minutinhos.

Tire algum momento específico do dia para a prática. Logo ao acordar ou antes de dormir são os períodos mais indicados.

  • Sente-se confortavelmente em um lugar onde não será interrompido;

  • Feche os olhos e respire fundo algumas vezes para relaxar o corpo;

  • A partir de então, você pode tentar manter o foco na sua respiração ou se concentrar em sentir cada parte do seu corpo, uma de cada vez.

Sua mente, com certeza, se desviará em poucos segundos, e pensamentos aleatórios surgirão. Não se preocupe nem fique frustrado, isso é absolutamente normal. A meditação consiste, justamente, no ato contínuo de voltar a atenção para a respiração a cada vez que você se pegar devaneando. Isso pode ocorrer 1, 2 ou centenas de vezes durante a prática.

Existem diversos aplicativos gratuitos que disponibilizam meditações guiadas, com diferentes sons e músicas, nos quais você pode controlar a duração e escolher o tipo de meditação que deseja realizar. Experimente algum por alguns dias! Eles podem te ajudar a persistir nessa atividade até que ela se seja incorporada como um hábito na sua vida.

Com o tempo, você vai perceber que tem cada vez mais facilidade em se manter focado, e isso, obviamente, vai se estender para os outros momentos da sua vida — inclusive na hora de estudar. Você será capaz de se concentrar mais facilmente e de maneira mais profunda. E se distrações ocorrerem, você conseguirá voltar ao foco muito mais rapidamente.

Treine o seu cérebro

Hoje em dia, a comunicação está extremamente acelerada. Tudo acontece muito rápido e, com isso, estamos perdendo a capacidade de pensarmos mais a fundo sobre qualquer coisa. Até mesmo as conversas profundas estão sendo deixadas de lado por serem consideradas muito cansativas. Isso deixa nosso cérebro preguiçoso e dificulta bastante conseguir ter foco para os estudos.

Porém, nosso cérebro é um órgão incrível e pode ser treinado! Experimente iniciar a leitura de um livro com muitas páginas. Escolha um título que lhe agrade e se esforce para terminá-lo. Roteiros intrigantes e múltiplos personagens forçam nosso cérebro a expandir nossa capacidade de compreensão e exigem mais esforço de nossa parte.

Para incrementar ainda mais esse treino, você pode participar de algum grupo de discussão sobre o livro que está lendo ou até mesmo escrever uma resenha, descrevendo as suas impressões e opiniões sobre a obra. Assim, você se forçará a prestar maior atenção na hora da leitura e aumentará a sua capacidade de concentração.

Foque no positivo e faça uma coisa de cada vez

Às vezes, sobretudo quando o conteúdo que temos a estudar não é de nosso interesse, temos a impressão de que não seremos capazes de dar conta da tarefa. Isso pode gerar ansiedade e sentimentos de frustração e incapacidade. Tais sentimentos nos paralisam e o foco desaparece de uma só vez.

É importante, nesses momentos, parar tudo o que estiver fazendo e respirar profundamente algumas vezes. Concentre-se no agora e relaxe. Grandes quantidades de conteúdos a serem estudados podem nos apavorar.

Experimente dividir os conteúdos em partes menores e se dedicar a uma delas de cada vez. Quando completar a primeira, faça uma pausa e se recompense por ter concluído a tarefa, comendo algo que gosta, dando uma volta no quarteirão ou mesmo escutando a sua música preferida. Depois, parta para a 2ª parte e assim sucessivamente.

Se não conseguir concluir tudo que planejou, tudo bem. Com o tempo você vai pegando a prática e a sua produtividade aumentará. Não se culpe nem se sinta mal. Foque o seu pensamento nas tarefas que você concluiu em vez de se culpar pelo que não conseguiu fazer. Dessa forma, você se manterá mais motivado para concluir as que faltam.

As nossas dicas foram úteis? Você conhece outras técnicas para ter foco durante os estudos? Conte para a gente nos comentários!

 
5 segredos da gestão de tempo para estudantes

Deixe um comentário