8-dicas-para-acelerar-seu-fluxo-de-leitura-nos-estudos.jpeg

60 bilhões: essa é a quantidade de textos que as pessoas enviam por dia em aplicativos como o WhatsApp e o Facebook Messenger (o grupo da família e dos amigos de cursinho não nos deixam mentir). E será que, na hora de focar nos estudos, dá para manter um fluxo de leitura tão rápido quanto aquele que nós temos nos programas de chat? Pois a resposta é: dá sim!

Para comprovar essa ideia, separamos 8 dicas para você conseguir ler mais rápido — e ainda melhor — os livros que você precisa estudar. Dá uma olhada:

Não repita as palavras

Muita gente, mesmo já na fase adulta, mantêm o hábito de vocalizar tudo que está sendo lido em um determinado texto. Algo que aprendemos a fazer lá atrás, quando começamos a ser alfabetizados, e que atrapalha bastante o nosso fluxo de leitura.

Como a nossa velocidade de leitura com os olhos é bem maior do que a da fala, quando vocalizamos o que estamos lendo acabamos acompanhando um número menor de palavras por segundo para adequar essa velocidade à da nossa voz.

Portanto, nada melhor para reduzir a tensão pré-vestibular do que deixar de ler em voz alta e assim aumentar a quantidade de livros terminados.

Escaneie o texto atrás da informação que você precisa

Às vezes acontece de a gente ter que ler textos inteiros (e gigantes) só para tirar um pequeno trecho ali do meio. E aí, quando isso acontece, nada melhor do que adotar a técnica de scanning para de fato conseguir escanear o texto atrás apenas daquelas partes que interessam.

Para isso, basta ler apenas alguns pedaços de cada parágrafo até encontrar aquele que fale de algo relacionado ao que você realmente procura para o estudo.

Aproveite da técnica de meta guiding

Sabe quando você vê alguém usando uma régua ou até o próprio dedo para guiar sua leitura de algum texto? Pois talvez aquela pessoa não saiba, mas ela está utilizando uma técnica chamada de meta guiding.

A ideia do meta guiding é usar alguma coisa para determinar a nossa velocidade de leitura e também o foco que damos em cada uma das frases — e somente nas frases, porque focar cada palavra separadamente também prejudica a leitura —, diminuindo as chances de acontecer alguma distração pelo caminho.

Não fique relendo os trechos do texto

Voltar para reler vários trechos dos livros também não ajuda em nada o fluxo de leitura. Afinal, desse jeito você pode acabar gastando o dobro ou até o triplo do tempo para terminar um texto.

Por isso, a melhor ideia é focar na leitura. Para isso, você pode encontrar um lugar mais tranquilo da casa e, claro, desligar as notificações do computador e do celular para conseguir se concentrar nas páginas. Esse tipo de atitude é bastante útil principalmente para quem está estudando sozinho para o vestibular.

A regra da terceira palavra

Outra maneira bastante utilizada para aumentar a nossa velocidade de leitura é aquela que usa a regra da terceira palavra. Com ela, em vez de a pessoa ler cada palavra de uma determinada frase, ela foca na terceira palavra inicial e na terceira palavra final do texto, fazendo com que sua visão periférica busque o restante e interprete o conteúdo.

Quer ver como funciona? Então dê uma olhada neste exemplo:

“Era uma vez, certa garota mimada da floresta chamada Maria.”

A ideia aqui é que você foque sua leitura nas duas palavras em negrito, “vez” e “floresta”), fazendo com que seu cérebro interprete automaticamente todo o restante do texto de forma mais rápida.

Utilize a técnica de skimming

Outra técnica bastante indicada para quem precisa extrair apenas algum tipo de conteúdo de cada texto é aquela chamada de skimming. Com ela você faz uma pré-leitura, focando apenas em alguns pontos-chave, e, caso não encontre o que precisa, já pula para outro capítulo ou até mesmo para outro livro.

Essa técnica funciona muito bem junto com a tática de scanning. Casando esses dois segredos, você pode encontrar a informação mais importante de cada livro.

Não tenha medo de não ler o livro inteiro

A menos que você tenha que ler um livro específico para o vestibular, uma boa técnica para melhorar o seu fluxo de leitura é não insistir naquelas obras que não conseguem prender a sua atenção.

Muitas vezes perdemos muito tempo tentando ler livros que de fato não são tão bons ou que não têm um tipo de leitura que consegue nos cativar. Isso, em tempos de vestibular ou de provas finais, pode atrapalhar bastante a agenda e, consequentemente, a vida.

Por isso, não tenha medo de abandonar uma leitura que não esteja sendo muito proveitosa para encontrar outra melhor para você.

Gamefique a sua leitura com o Goodreads

Se você dá muitos chek-ins no Foursquare, pode ser tornar prefeito de algum lugar; se preenche todos os campos do perfil do LinkedIn, a plataforma avisa que você está de parabéns; se chega uma nova notificação do Facebook, ela fica em um balão vermelho, te avisando que precisa ser lida.

Já percebeu que praticamente todas as plataformas digitais que usamos hoje adotam técnicas de gameficação para tornar as nossas interações e ações mais prazerosas naquele meio? Pois essa ideia também pode ser utilizada para acelerar o nosso fluxo de leitura — para isso, basta usar alguns aplicativos como o Goodreads.

Com o Goodreads, você marca qual e até quantas páginas de um livro já leu, tendo assim dados de quanto tempo levou para finalizar uma leitura. Além disso, com esse sistema, é possível também estipular metas de leituras e comparar com a de alguns amigos dentro da plataforma.

Viu só como não faltam técnicas e dicas para você acelerar o seu fluxo de leitura? Pois então, nada de ficar lendo em voz alta ou de ficar voltando para conferir cada parágrafo do livro. Arrume um lugar tranquilo para focar na leitura e coloque algumas dessas dicas em prática agora mesmo, OK?

Gostou dessas dicas? Então talvez você também vai gostar daquelas que demos no post com 9 aplicativos que te ajudam a estudar para o vestibular.

5 segredos da gestão de tempo para estudantes

Deixe um comentário