6-formas-de-trabalhar-como-freelancer-em-seu-tempo-livre.jpeg

O freelancer é um profissional autônomo que busca oportunidades em diferentes empresas, projetos e que guia seus trabalhos de maneira independente, totalmente livre de vínculo empregatício.

Essa modalidade de trabalho vem se tornando cada vez mais comum em diversas áreas de atuação. Há quem trabalhe como freelancer full time (o tempo todo) e quem trabalhe como freelancer part-time, conciliando os freelas com seu trabalho habitual.

Nesses tempos de crise econômica, muita gente vem procurando por formas alternativas de trabalhar e até mesmo de ganhar um dinheiro extra, no caso de quem já tem um emprego. Se você é uma dessas pessoas que vem procurando maneiras independentes de trabalhar, continue a sua leitura e confira a lista com 6 formas de trabalhar como freelancer em seu tempo livre que preparamos pra você!

1 – Criador de conteúdo

Com a extrema popularização da internet na última década, houve grande proliferação de sites e blogs, gerando necessidade de produzir uma enorme quantidade e variedade de conteúdos.

Se você tem afinidade com o português, acredita ser um bom escritor e tem bom conhecimento sobre um ou mais temas, uma boa opção para ganhar um dinheiro extra é escrevendo para essas plataformas como freelancer. Com uma pesquisa rápida na internet sobre o assunto, é possível encontrar diversos portais que permitem o contato entre as empresas que precisam de conteúdo e seus possíveis criadores.

Para começar, é interessante criar um portfólio online onde consiga promover o seu trabalho e se apresentar para o mercado. Um blog com a sua assinatura pode ser uma maneira bem legal de começar a expor suas produções para os potenciais clientes.

2 – Tradutor

Você é fluente em algum idioma além do português? Se for, uma excelente forma de trabalhar como freelancer e conseguir um dinheiro extra é fazendo traduções.

Pessoas estão constantemente na internet em busca de tradutores, é provável descobrir oportunidades para traduzir textos, artigos, documentos, trabalhos escolares, livros, entre outros. Existem diversos portais na web onde os tradutores se cadastram, preenchem um perfil e buscam projetos e clientes para trabalhar como freelancer!

3 – Professor particular

Se você domina alguma disciplina, algum idioma e sabe como transmitir o seu conhecimento, uma excelente opção para fazer uns freelas é como professor particular, usando da sua especialidade no assunto para ajudar estudantes que têm alguma dificuldade.

Como em um primeiro momento pode ser difícil encontrar clientes por conta da falta de experiência, uma boa forma de começar pode ser gravando vídeos explicativos – como aulas – e publicando esse conteúdo no YouTube. Dessa forma, você estaria divulgando seu trabalho, seu nome como profissional e ainda poderia obter rendimentos através da publicidade na plataforma.

4 – Designer

Se tem uma área que oferece muitas oportunidades para se trabalhar como freelancer, essa área é o design. Para fazer freelas como designer é importante ter domínio sobre as ferramentas comuns à essa área – como Photoshop e AutoCAD – e ter criatividade para criar logos, banners e o que o cliente necessitar.

Para começar a trabalhar como freelancer nessa área (seja como web designer ou designer gráfico) é muito importante construir um portfólio que transmita a qualidade do seu trabalho e seu profissionalismo e depois, é claro, divulgá-lo.

Se você promover o seu portfólio frequentemente, certamente os clientes irão lhe procurar para realizar trabalhos. Além disso, existem plataformas online para que os designers possam fazer a divulgação do seu conteúdo e se conectar com clientes em potencial.

É normal que a princípio você tenha de começar com pequenos trabalhos, que podem não dar exatamente todo o retorno esperado, mas tenha paciência! Com certeza, é questão de tempo para que a divulgação aliada aos resultados de seus pequenos projetos comecem a render bons frutos e campanhas de maior importância.

5 – Fotógrafo

É apaixonado por fotografia, domina o conhecimento e dispõe de uma câmera profissional? Que tal fazer uns freelances nesse ramo então? Essa é uma área que tem crescido muito nos últimos anos, cada vez mais pessoas têm investido nessa arte e a cada dia surgem novas oportunidades no setor.

Você pode atuar como fotógrafo fashion produzindo books de new faces, trabalhando diretamente com a modelo ou em parceria com alguma agência. Pode fazer ensaios infantis, de casais, pré-casamento ou de outros temas.

Também é possível fazer freelas cobrindo eventos, como baladas, casamentos, festas de 15 anos, formaturas e etc. Até mesmo outros setores como o imobiliário e o ramo de alimentação contratam esses profissionais para fotografar seus produtos.

Claro que, para atuar como fotógrafo é preciso entender também do tratamento de imagens – afinal depois da sessão de fotos, elas devem ser tratadas para ficarem ainda mais bonitas – e, em alguns casos, também é preciso dispor de mais equipamentos como o tripé e o flash com rebatedor.

6 – Guia turístico

Se você é uma pessoa apaixonada pelo país ou pela sua cidade e a conhece como a palma da sua mão, trabalhar como guia turístico para quem está de visita é uma excelente maneira de fazer um freelance e ganhar um dinheiro extra! Sabendo certinho quais são os melhores pontos turísticos e atrações para cada tipo de público, é garantido que você fará um ótimo trabalho.

Você pode prestar serviços nesse cargo tanto na alta temporada quanto nas demais épocas do ano, se for conveniente para você. Existe na web uma série de sites e portais onde é possível se cadastrar e oferecer seus serviços como guia turístico.

É importante lembrar que para desempenhar a função dentro das regularidades é importante fazer o cadastro junto ao Cadastur – um sistema para pessoas físicas e jurídicas que trabalham no setor turístico, garantindo diversos benefícios e oportunidades aos cadastrados. Com esse cadastro, você conseguirá aumentar sua visibilidade no mercado, e ainda  poderá ampliar sua clientela por transmitir mais profissionalismo e segurança.

Trabalhar como freelancer tem muitas vantagens, como ganhar um dinheiro extra no tempo livre ou poder trabalhar nas férias e melhor: de forma independente, sem se prender muito a uma rotina de trabalho – o que poderia ser bem incômodo para quem já tem um emprego.

E então, qual dessas opções para trabalhar como freelancer mais lhe agradam e se encaixam em suas habilidades e seu perfil profissional? Se quiser conferir mais dicas siga nossa página no Facebook e mantenha-se sempre atualizado com as novidades!

5 segredos da gestão de tempo para estudantes

Deixe um comentário