6_dicas_de_softwares_para_fazer_trabalhos_em_grupo_a_distância.jpg.jpeg

Na época da faculdade, mais cedo ou mais tarde você vai ter que passar por uma situação que não tem saída — o trabalho em grupo. E quando o professor anuncia uma atividade coletiva, há duas formas de encarar a notícia: enxergar essa tarefa como um transtorno ou como uma possibilidade de aprender com os colegas de turma.

Não importa de que maneira você pensa, a obrigação está dada e você (e os seus companheiros, é claro) devem se organizar para que tudo corra da melhor maneira possível e o resultado dos esforços do novo “time” seja um sucesso.

Ainda bem que, hoje em dia, não é preciso reservar enormes brechas na agenda para fazer as coisas caminharem. Com a ajuda de alguns recursos tecnológicos, é possível fazer trabalhos em grupo a distância, sem sequer deixar o conforto da sua cama.

“Mas como?”, você deve estar se perguntando. Existem alguns aplicativos que tornam tudo bem mais simples. Eles ajudam em todas as etapas, da organização à administração dos integrantes e dos documentos.

Neste post, listamos 6 dicas de softwares para fazer trabalhos em grupo a distância. E não há desculpa, porque alguns deles têm versões para múltiplas plataformas (Windows, Mac, Android, iOS, Windows Phone…). Então, basta querer fazer dar certo. Preparado para conferir os programas? Vamos lá!

Flow

O Flow pode servir como uma espécie de central de comando do seu trabalho em grupo. Isso porque o aplicativo foi desenvolvido com a intenção de se tornar uma ferramenta de administração de equipes.

Nesse software — que pode ser usado por meio de um navegador, de um computador Mac ou de um aparelho com o sistema operacional iOS —, o usuário se torna capaz de criar, compartilhar, delegar e discutir tarefas com qualquer pessoa.

O Flow funciona da seguinte maneira: um usuário cria uma “página” para o grupo e convida os demais integrantes. Depois, as tarefas podem ser criadas e distribuídas entre todos os membros da equipe. Elas ficam marcadas automaticamente em um calendário, que torna o monitoramento do andamento do trabalho mais simples. Desse jeito, se alguém estiver atrasado com as suas obrigações, é mais fácil de cobrar um posicionamento

O aplicativo pode ser testado gratuitamente por duas semanas. Depois desse período, é preciso assinar um plano mensal de 10 dólares (cerca de R$ 34,00).

Google Drive

O Google Drive é bastante parecido com o já conhecido pacote Office, que vem instalado na maioria dos PCs. Com ele, é possível criar e compartilhar documentos nos mais diversos formatos, de fotos a desenhos, áudios e vídeos.

A diferença, aqui, é a praticidade: um documento do Word, uma planilha do Excel e uma apresentação do PowerPoint podem ser compartilhados com poucos cliques, e várias integrantes do grupo podem trabalhar no arquivo ao mesmo tempo.

Além disso, a plataforma conta com uma integração com o Hangouts, um serviço de videoconferência para que os membros do time possam conversar entre si. E o melhor: tudo isso de graça! Muito legal, não é mesmo?

Prezi

O Prezi é uma ferramenta on-line muito útil para a criação de apresentações… estonteantes. Em vez de oferecer os tradicionais — e monótonos — slides, o site permite que o usuário use o zoom e vários ouros recursos para criar apresentações dinâmicas.

O esquema colaborativo do Prezi é bem parecido com o do Google Docs: um integrante do grupo tem a liberdade de compartilhar as apresentações com os outros membros. Assim, a edição do trabalho pode ser feita em conjunto.

As apresentações criadas no site ficam armazenadas, gratuitamente, em um disco virtual. Se o usuário extrapolar os 100 MB oferecidos, ele pode aumentar o espaço de armazenamento para até 4 GB — mas, para isso, é preciso desembolsar um dinheirinho: 10 dólares por mês.

TeamViewer

Um integrante do grupo está com problema para instalar um programa ou não consegue encontrar a pasta onde um arquivo extremamente importante para o trabalho está guardado? Você pode sugerir o uso do TeamViewer. Com ele, todos os membros podem acessar computadores remotamente, isto é, acessar outras máquinas a distância.

Além disso, o aplicativo permite que os usuários participem de um bate-papo e até mesmo organizem reuniões virtuais. O TeamViewer já foi instalado em 1 bilhão de aparelhos porque é bastante amigável: existe uma versão para praticamente todas as plataformas, entre elas Windows, Mac, Android, iOS e Windows Phone.

Screenhero

O Screenhero é parecido com uma assistência remota. Mas, em vez de só dar acesso a outras máquinas, esse aplicativo “cria” um cursor extra para o usuário que está usando o computador a distância. Com esse processo, 2 pessoas — mesmo estando em casas (ou até mesmo cidades) diferentes — podem trabalhar em um único arquivo. Incrível, não é verdade?

E o funcionamento do Screenhero é ainda mais simples do que a sua ideia. Basta se cadastrar gratuitamente no serviço, baixar e instalar o progrma para o seu computador e adicionar outra pessoa à sua lista de contatos. Então, você clica no botão “share screen” para partilhar a tela da sua máquina.

Skype

Todo mundo sabe que a troca de informções é muito importante para um trabalho em equipe — principalmente se o grupo está fazendo as tarefas sem se encontrar pessoalmente. E um dos programas mais famosos para a comunicação é, sem dúvida alguma, o Skype.

Esse programa, que herdou os usuários do saudoso MSN, permite que as pessoas liguem (com tarifas mais baratas do que as do telefone comum) e enviem mensagens de graça. Além disso, ele permite a transmissão de vídeo em grupo por meio de um computador, de um smartphone ou de um tablet. Ou seja, o Skype tem suporte para diversas plataformas, como Windows, Mac, Android, iOS e Windows Phone.

E então, o que você achou das nossas dicas de programas para fazer trabalhos em grupo a distância? Você conhece outros softwares que ajudam a quebrar o galho? Então deixe um comentário e compartilhe as suas indicações com a gente! Aproveite a oportunidade para agendar a sua prova do vestibular 2016/2 dos cursos semipresenciais e 100% EAD da Una Virtual!

5 segredos da gestão de tempo para estudantes

Deixe um comentário